quinta-feira, setembro 14, 2006

Alentejo...

E pronto, hoje vou de partida para a minha casita, vai ser bom que já tenho saudades e longe daqui que só me dá stresses... Agora eu espero que o tempo melhore, pois agora que finalmente tenho carta dava-me jeito um tempo simpático para poder ir dar uns passeios... Depois em outubro, back for faculty... oh yeah...

I'm bringing sexy back...

Pah, esta música fica no ouvido...

 

Get your sexy on
Get your sexy onnnnn

The Lake House & Hard Candy

The Lake House e Hard Candy, foram os dois filmes que vi hoje...

 

  

Site Oficial
IMDB

The Lake House é sobre dois individuos que tem em comum o facto de terem habitado a mesma casa em alturas diferentes. Por motivos ligados à mesma casa começam a trocar cartas, apaixonando-se um pelo outro, no entanto cedo descobrem que estão em tempos diferentes, Kate está em 2006, Alex está em 2004...

É um filme romantico, levezinho e agradável em torno de uma história de amor, o que o torna mais complexo é obviamente as dimensões temporais... Ela em 2006, ele em 2004 comunicando-se por correspondência, ele a fazer coisas no passado que ela vai ver no futuro, ela a alertá-lo de coisas que irão acontecer... é giro, achei piada à naturalidade com que eles levavam os acontecimentos. Os conceitos temporais no filme são algo tanto estranhos, o que faz com que se questione o final do filme... mas claro que num filme deste género não é coisa que importe muito e acaba por ser bom pois dá para discutir o filme, pois no que toca a paradoxos temporais não há verdade absoluta... No fundo a mensagem que se tira do filme é mesmo a esperança, sonhar, acreditar e não desistir...  Gosto particularmente da banda sonora que já conhecia. Há... e  história temporal do cão, muito giro=) É um pedaço de tempo bem passado, para quem está com a sua cara-metade deverá ser ainda melhor...

 

  

Site Oficial
IMDB

Hard Candy é sobre uma rapariga de 14 anos que frequenta salas de chat na internet onde conhece um fotografo com 32 anos, ao fim de três semanas marcam um encontro num café. A Pedofilia é o tema central deste filme, e nos primeiros minutos assistimos ao modo subtil como Jeff persuade a aparentemente ingénua Haylie, tudo de uma forma algo básica: presentes, elogios, a música que ela gosta... e ela, responde aceitando com risinhos embaraçados de uma adolescente encantada, deixando logo trasnparecer quem é o lobo mau nesta história. Já na casa do fotografo, a situação continua a aquecer e parece que o dia vai correr bem para Jeff, mas pouco depois de uma tomar uma bebida, Jeff começa a ver tudo a andar às voltas, desmaia, e quanda acorda está amarrado a uma cadeira.

 

Creio que o melhor deste filme são as interpretações, a maior parte do filme desenrola-se apenas com dois personagens, Jeff, interpretado por Patrick Wilson e Hayley numa interpretação brilhante de Ellen Page, ambos estão soberbos elevando bastante os sentimentos, o modo com que interagem um com o outro é fantástico. Haylie que é uma rapariga doce e inocente com um sorriso simpático e meigo, rapidamente se transforma numa pessoa, não diria má, mas determinada em cumprir os seus objectivos ora com um toque de uma adolescente em fase de descoberta ora com um toque de uma pessoa louca e obcecada. A actuação de Ellen Page é mesmo muito boa, ela conseguio dar à persongem uma expressão fantastica, expressões faciais que falam por si proprias, principalmente o olhar. creio que ainda ouviremos falar muito desta jovem actriz. 

A história, desenvolve-se muito bem e sem pressas, com momentos lentos, outros frenéticos, planos em que a cor domina, outros em que as cenas ganham um tom azul e frio. Tem ligeiros momentos de humor para quebrar o gelo e um final muito bom, e dá que pensar... apesar de deixar algumas perguntas no ar,  nunca percebemos quais os verdadeiros motivos que levam Haylie a perseguir este homem e acima de tudo conseguir arquitectar tal plano com apenas 14 anos, por exemplo. De louvar também a optima fotografia do filme...
Não o percam...

terça-feira, setembro 12, 2006

Novos iPods

O primeiro iPod Shuffle era um bocado...digamos esquesito (ok, este também é), contrastava muito com o resto da familia iPod... Agora o novo.... pode não ter ecrã, pode ter pouco espaço, whatever... este pode destoar na familia iPod, mas já parece algo minimamente feito pela Apple, alias parece mais algo dos catalogos da D-Mail que nos tentam sempr vender as coisas mais disparatadas, mas não é mesmo Apple... e é lindo...

 

Os iPods Nano ganharam novas cores e são agora ainda mais finos,  e muito bom mesmo (para variar..) está o anuncio desta nova gama iPod Nano, é só clicar aqui.

Starlight, I will be chasing a starlight...

Wii...acabei agora mesmo de ir aos correios buscar o meu bilhete para o concerto dos MUSE!!! Realiza-se no Campo Pequeno dia 26 de Outubro.
Como já mencionei os Muse são a minha banda favorita, e vou vê-los ao vivo pela primeira vez, espero bem que eles dêem um concerto bem decente e memorável, seguramente não me vou enganar=)

Que dizer dos Muse, estão na berra como todos sabemos, lançaram recentemente o quarto albúm de originais: Black Holes And Revelations, não é o melhor deles, Origin Of Symmetry é para mim o melhor que eles ofereçeram, mas continua a ser um albúm à altura deles, muito bom mesmo, destaque para as faixas: Starlight, Map Of The Problematique, City Of Delusion, as duas espectaculares Hoodoo e Knights Of Cidonia, não esquecendo a bonus track da edição japonesa Glorious...

Vamos aos videos=))
Na última vez que nos visitaram, foi assim:

 
Stockholm Syndrome live @ Superbock Superock Lisboa 2004

Eu infelizmente e por motivos que já nem me lembro não pude ir... enfim, fui no ano seguinte que também foi muito produtivo. Agora se neste concerto de Outubro nos brindarem com uma actuação destas vai ser excelente, é a loucura...

E mais duas actuações ao vivo  onde se pode ver o que é um concerto destes gajos

 
Plug And Baby live @ The Reading Festival (provavelmente 2001)

 
Muscle Museum live @ Glastonbury 2004

E pronto, vou passar o resto do dia a cantarolar as músicas deles de um lado para o outro... Também não há-de ser nada...=))

Music...

Just some random musics...

  

Um dos meus temas perferidos do Back to Basics da Christina Aguilera acustico, tao simples, com uma voz a qual não estamos habituados e uma remix do tema Human interpretada por um cantor espanhol, pertence ao album Felt Mountain (do qual os Goldfrapp não se deviam ter afastado tanto)

 

 

Aqui o primeiro single do album a solo de Thom Yorke, The Erasor se não conhecem o tema, oiçam porque é muito bom mesmo. Depois um tema que gosto muito, do album Empire dos Kasabian

 

 

Por fim MUSE, a minha banda de eleição, o incrivel tema Map Of The Problematique e Glorious, tema bonus da edição japonesa do album Black Holes And Revelations, ambos lindos..

 

segunda-feira, setembro 11, 2006

Music Box: Original Soundtrack

Ultimamente tenho me entretido bastante com Bandas Sonoras, composições criadas para o filme, não as compilações de musicas já existentes... Aqui vão algumas:
Danny Elfman, passou a ser para mim um dos meus compositores preferidos. Assina quase todos os trabalhos de Tim Burton, destaco a linda e encantadora banda sonora de "The Nightmare Before Christmas" e "Edward Scisorhands"

                 

Igualmente bela é a composição de Rachel Portman para The Lake House, muito relax, com o piano a comandar a marioria das musicas, é bastante agradavel para o ouvido...

Destaque também para a banda sonora de Asche & Spencer para o excelente filme que é Stay de Marc Forster, e que belo de filme...
(Não encontrei músicas do The Lake House e do Stay no radio.blog, depois vou ver se arranjo uma solucão)

Exame!!!

E daquei a precisamente 7horas e 30 minutos tenho exame... a vontade é tanta.... vai ser bonito vai...

beLIEve?

     

Quinto aniversário do 11 de Setembro, há dias vi o United 93, hoje vi o Loose Change 2nd edition (totalmente disponivel aqui via stream)... Loose Change é um documentário que tenta validar a hipotese de todos os eventos daquele fatidico dia não serem mais de que um golpe preparado pelo governo dos USA, apresenta varios pontos interessantes bem fundamentados, outros nem por isso, depois estas teorias da conspiração são contrariadas por teorias que desmitificam teorias da conspiração(aqui) portanto creio que cabe a cada um formar a sua propria opinão, mas que não houve avião nenhum no Pentágono, não houve...

 

Descoberta que fiz hoje, o Memorial que será construido no ground zero. Pessoalmente gosto muito, uma obra harmoniosa, simples, sem grande complexidade, com lugar para um espaço arburesco, em torno deste, 7 novas torres nascerão, sendo que apenas uma chegará perto do tamanho da construcção original. Será certamente um lugar para visitar quando for a Nova Iorque, já que não cheguei a ver as Torres Gemeas... Em baixo imagens tanto de todo o novo complexo do World Trade Center como do memorial.

World Trade Center
World Trade Center Memorial

 

sábado, setembro 09, 2006

Spider-Man

E por falar em World Trade Center, as famosas cenas com as torres cortadas do primeiro filme, nunca cheguei a ver na altura, abençoado youtube!!!

United 93

 

Site official
IMDB

A dois dias do quinto aniversário do 11 de Setembro, vi hoje o United 93, o filme que nos mostra o que aconteceu ao unico avião desviado que não cumpriu os seus objectivos. Eu sinceramente acho que ainda é muito cedo para retratar no cinema o 11 de Setembro e nem tinha intenções de ver este filme, nem este nem o World Trade Center com o Nicolas Cage, entretanto andei aqui e ali a ler pela net, tudo o que li até era bastante positivo e então lá fui ver. Felizmente este filme compromete-se a muito mais do que explorar o maior ataque terrorista de sempre, nota-se claramente no filme que existe um enorme respeito pela tragedia e por quem sofreu com ela, creio que o maior responsavel por isso é o realismo que o filme alcança, sem falas dramaticas, sem herois e acções heroicas acompanhadas por uma música dramatica, tudo bastante real e desesperador ao mesmo tempo sem qualquer tipo de cliche de hollywood, creio que será inevitavel imaginarmos como reagiriamos em tal situação... é um filme pesado e angustiante mas vale a pena, agora resta esperar pelo World Trade Center, mas esse de certeza que é o tão tipico americano...

 
trailer em legendado em português e tudo=)

Metrosexual???

Ok, como não me apetece estudar, vagueio pela net, andava eu pelo blog da Prova Oral, programa da Antena3, e o tema de quinta-ferira foi a Metrossexualidade. Ok, será que sou o único a achar este um dos piores conceitos inventados? Vou tentar chegar lá por partes, portanto um Homem que se depile, trate das unhas, e utilize cremes é um metrosexual... hum para as mulheres nunca foi preciso inventarem tal tipo de termos... Suponho que um homem que tome banho e utilize por exemplo champoo também o seja... e um homem que faz a barba todos os dias também não é? Eu sinceramente, alem de isto gerar motivos de conversa em revistas cor-de-rosa, algumas risadas entre algumas pessoas e obviamente a ligação metrosexual-homosexual, não percebo o porquê de quererem identificar tudo, possa parece o Olá5! com os grupos, provavelmente também haverá grupos de Metrosexuais... qualquer dia temos tags também... Deve ser falta de assunto para falar (sim, e eu a alimentar esta treta também) No blog estava também um link para um teste (aqui) para descobrir-mos o quão metrosexuais somos, eu, claro está, sem nada para fazer... why not?! Sou 18% metrosexual...hurray!!! Pelo menos o website admite que o questionário é feito para levar a brincar...

Study's

Tenho que estudar... vou ter exame segunda feira, tenho hipoteses de conseguir passar, mas de qualquer modo já estou chumbado noutras cadeiras... A verdade é que a vontade é nula, não vejo um unico ponto positivo que me encorage a esforçar-me para proseguir para o próximo ano, não tenho amigos na minha turma actual, tenho lá algumas pessoas cinicas e hipocritas, directamente nunca me fizeram nada alem do desprezo, mas a velha quem se mete com os meus amigos mete-se comigo, funciona aqui da mesma maneira, de qualquer maneira já me sentia mal naquela turma, excluido, portanto chumbar o ano até não ha-de ser assim tao mau... Ao menos vou conhecer novas pessoas, desta vez pelo menos já sei que não posso confiar cegamente...

sexta-feira, setembro 08, 2006

What's this!?

The Nightmare Before Christmas é um dos meus filmes favoritos, adoro o Jack Skellington, acho que é dificil alguem não gostar de uma personagem de Tim Burton...
Enfim, o que eu queria mesmo abordar neste post é que me sinto com o Jack quando descobriu a Terra do Natal... Creio estar a caminho de descobrir o amor, algo a que eu não estou habituado, há um sem numeros de coisas que me agradam e dislumbram no que toca a relações, coisas pelas quais ja ansiei, outras completamente novas (...What's this!?, what's this!?) Sinto-me como o Jack a querer levar para o meu mundo algo que a ele não pertence, eu não estou habituado a ter alguem, nunca o tive pelo menos de uma forma séria.... no filme a coisa corre pelo pior, eu não quero isso para mim mas o facto é que tenho algum receio e tenho medo de estragar tudo, de não estar a altura, de me magoar e magoar alguem

Eating Out

IMDB

Uma coisa que eu gosto bastante é cinema, como tal vou começar para aqui a disparatar sobre filmes que tenha visto, curiosamente hoje vi Eating Out de Q. Allan Brocka.
Não conheco muito filmes dentro da tematica LGBT, e os melhores que conheco batem todos na mesma tecla, morte, solidao, sida, bla bla bla.. Eating Out não é um grande filme mas vale a pena os minutos gastos na sua vizualização. Basicamente: Caleb (Scott Lunsford) é um jovem sensivel meio frustado com raparigas que em conversa com o seu melhor amigo Kyle (Jim Verraros) que é gay, resolve se fazer passar por gay para poder ter alguma chance real com uma rapariga, assim aproxima-se de Gwen (Emily Brooke Hands) atraves do seu melhor amigo Marc (Ryan Carnes, sim o rapaz das Desperate Housewifes). Por muito macabro que possa parecer o filme trata o assunto de uma maneira bastante agradavel e divertida, é uma agradavel lufada de ar fresco, que gostar de comedias romanticas creio que não se desiludirá.

 

 

 

Hum...e tem sequela Eating Out 2: Sloopy Seconds, pelo menos parece ser bem mais hot que o primeiro, check it out:

 

the beginning

Hum, ok, decidi-me juntar a grande esfera de blogs que proliferam pela internet...
Não sei bem no que se irá tranformar este espaço, eu próprio não conheco bem o que está dentro da caixa, irei certamente falar de alguns dos meus interesses, partilhar algumas coisas que eu ache merecedoras de atenção, talvez reflexões, problemas, vamos ver...

quinta-feira, setembro 07, 2006

Let's open the box

 

Photobucket - Video and Image Hosting

MUSIC BOX

Powered by Blogger
& Blogger Templates